20 de maio de 2010

Geoparque de Arouca reconhecido pela UNESCO

Inaugurado a 5 de Dezembro de 2007, o Geoparque de Arouca envolve uma área de 327 quilómetros quadrados e abrange um total de 41 geo-sítios - termo técnico para os "sítios com interesse geológico" que, segundo a UNESCO, têm "particular importância pelo seu carácter científico, raridade, encanto estético ou valor educacional".

No património de Arouca destacam-se as pistas fósseis dos quartzitos do vale do Paiva, e, sobretudo, duas ocorrências geológicas apontadas pelos especialistas como únicas no mundo: as trilobites e as pedras parideiras.

Com a integração na Rede Europeia de Geoparques, Arouca passa a ter um selo de garantia da UNESCO, uma prova de que reconhecem internacionalmente as qualidades do nosso território e das nossas valências.

O Geoparque de Arouca torna-se assim, a 34.ª estrela no mapa da Rede Europeia de Geoparques.

Assim, o Geoparque de Arouca é o segundo projecto do género em Portugal, a seguir ao Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, que também integra a rede da UNESCO, desde Julho de 2006.

 
Fonte: http://jn.sapo.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=1208650

 
Reflexão: Mais uma vez é sempre bom ouvir que um Geoparque português foi reconhecido pela UNESCO. É sinal de que o trabalhado desenvolvido é excelente, fazendo assim com que o nosso País se desenvolva.

Sem comentários:

Publicar um comentário