27 de fevereiro de 2010

DESLIZAMENTO DE TERRAS NAS OBRAS DO IP4

Um operário que trabalhava nas obras de alargamento do IP4, nas proximidades de Amarante, morreu , ao ficar debaixo de uma máquina na sequência de um deslizamento de terras.
Segundo Jorge Rocha, comandante dos Bombeiros de Amarante, a vítima encontrava-se a trabalhar, cerca das 13:35h, junto a um talude de terra que terá cedido, provocando o deslizamento de um cilindro utilizado para nivelamento de pavimentos.

Quando os bombeiros chegaram ao local do acidente, a poucos metros do nó de Padronelo, já a vítima se encontrava sem vida.

O comandante dos bombeiros adiantou que os seus homens se limitaram a participar nas obras de remoção da máquina, para libertar o corpo.

Os bombeiros não têm ainda a identidade do operário, mas sabe-se que residia no concelho de Marco de Canaveses.

As obras em curso no IP4, iniciadas há alguns meses, incluem o seu alargamento para lhe conferir perfil de autoestrada, no troço entre Amarante e Vila Real.


Reflexão: Aqui temos um exemplo de um mau conhecimento do terreno no qual se está a trabalhar. Se tivessem sido feitos estudos sobre o tipo de rocha que predominava naquela zona talvez se pudesse evitar acidentes como este.   
Fonte: http://jn.sapo.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=1498993

Sem comentários:

Publicar um comentário