22 de abril de 2010

Meteorização Física

A meteorização física pode resultar de:
  •  Da expansão de fracturas devido á congelação da água retida no seu interior.

  •  De dilatações e contracções diferentes dos minerais constituintes de uma rocha quando submetidos a grandes variações de temperatura;

  •  Da descompressão resultante da erosão das camadas que recobriam a rocha, o que provoca um alívio de carga e a fractura da rocha;

  •  Da acção mecânica da água, do vento e da actividade biológica resultante de galerias escavadas ou ampliadas pelos animais e do engrossamento das raízes que dilatam as fendas da rocha.

      Este tipo de meteorização provoca a desagregação da rocha em porções cada vez menores, designadas por clastos ou sedimentos detríticos.

Fonte: Terra, Universo de Vida – Geologia

Reflexão: A meteorização física leva à redução do tamanho das rochas, com consequente aumento da área de exposição aos agentes de meteorização, entre os quais podemos referir o efeito da congelação, a actividade biológica, a descompressão à superficie, a acção mecênica da água e do vento e ainda as dilatações e contracções térmicas.

Sem comentários:

Publicar um comentário