22 de abril de 2010

Meteorização Química

A meteorização química consiste na transformação química dos minerais existentes na rocha mãe devido, sobretudo, á acção da água e dos gases atmosféricos. Muitos dos minerais constituintes das rochas são estáveis no ambiente em que se formaram, mas tornam-se instáveis nas novas condições superficiais. Nessas condições, os minerais sofrem reacções químicas, de que são muitos exemplos a carbonatação, a hidartação e a oxidação, dando origem a novos minerais.

Um exemplo frequente de meteorização química é a sofrida pelos calcários, cujo mineral mais abundante é a calcite ( carbonato de cácio ).



Fonte: Terra, Universo de Vida – Geologia


Reflexão: As novas condições podem pôr em causa a estabilidade dos minerais. Os principais agentes da meteorização química são a água, o oxigénio, o dióxido de carbono atmosféricos e a temperatura.

Sem comentários:

Publicar um comentário